Com o amadurecimento dos sistemas de automação industrial, por exemplo, Scada e PLC estão chegando a ótimos níveis de controle operacional, inclusive com a convergência da TI (Tecnologia da Informação) com a TA (Tecnologia da Automação) podemos ver hoje plantas completas operadas por centro de operações integradas (COI).

Os PDA (Planos Diretores de Automação) já buscam maneirasde integrar a gestão destas plantas no nível intermediário, isto é, o quão está eficiente qualitativa e quantitativamente minha produção industrial? Para isso, há ferramentas de gestão industrial de diversos níveis e aplicabilidades, passando desde banco de dados para cruzamento de informações em planilhas eletrônicas até a implantação de MES (Manufacturing Execution Systems) regidos pela S95, que se conectam com sistemas ERP (Enterprise Resource Planning).

O objetivo principal é oferecer informações de gestão de planta em tempo real para níveis de supervisão e gerência de produção, por exemplo, a moenda pode estar com o controle operacional correto, sem falhas ou eventos de alarmes, porém ela está trabalhando com o seu grau de eficiência na qual foi projetada para produzir? As relações das rotações com o nível de produção estão dentro de parâmetros? A vazão de embebição está correlacionada com a vazão de caldo como planejado em produção.

Pois bem, todas essas informações podem ser obtidas em tempo real através destes sistemas de gestão, conhecidos como Indicadores de Desempenho ou KPI (Key Performance Indicator), conheça as soluções de Gestão Industrial que a Fertron tem para sua empresa e ganhe Inteligência de Planta.

Imprimir

Indique a um amigo: