O Sistema de automação redundante utilizando PLC Citrino visa reduzir risco de perda de produção por meio de operação em paralelo de dois sistemas, tolerando a falha de 1 dos 2 sistemas.
Toda arquitetura proposta como Sistema Redundante utilizando o PLC Citrino, obrigatoriamente deverá consistir em dois conjuntos idênticos de equipamentos no nível de controle, ou seja, se o sistema primário possui 1 Fonte (MPS-1RD), 1 CPU (MCPU-2), 1 Módulo Profibus (MFI-PBM-2), o sistema secundário deverá possuir os mesmos equipamentos tanto em quantidade quando em versões de firmware idênticas.
Se qualquer elemento do sistema apresentar falha, todo o conjunto é desativado e o sistema Standby assume o controle, mantendo a operação do sistema sem interrupção.
Existe a possibilidade de até 4 (quatro) módulos MFI-PBM-2 (mestre Profibus) para cada CPU.

Imprimir

Indique a um amigo: